Emoção no atendimento HUMANIZADO

Fiquei emocionada com a inclusão e atendimento humanizado que recebi no Hospital Santa Casa de São Miguel dos Campos / ALAGOAS, e vez ou outra encontramos coisas boas acontecendo por esse Brasil, com menos de 62 mil habitantes a Cidade de São Miguel dos Campos segue na contramão de tudo que estamos acostumados a ver por aí, e reascende a esperança na humanidade.

TRATAMENTO HUMANIZADO

A matéria de hoje, vai muito além de empatia e amor ao próximo, a necessidade de ter um profissional da saúde, principalmente no atendimento capacitado em Libras fez toda a diferença.

humanizado
A Libras da Daniela, mesmo sendo básica foi suficiente para perguntar meu nome, idade, nome do médico e também explicar a mim, a data que o exame ficaria pronto.

Foi uma emoção sem fim, ser atendida no laboratório do Hospital da Santa Casa de São Miguel dos Campos em Libras, a máscara e a quantidade de pessoas que falavam ao mesmo tempo, dificultava o meu entendimento – sendo eu, Surda, oralizada, implantada e bilíngue.

Gosto de sempre dizer que acessibilidade NÃO É FAVOR segundo a Constituição Federal de 1988 e a Lei Brasileira de Inclusão – LBI (Lei Nº 13.146/2015) é dever do Estado cuidar da saúde e assistência pública, da proteção, integração social e garantia da pessoa com deficiência e um dos princípios da nossa Carta Magna é que qualquer que seja sua patologia, a pessoa com deficiência, deve ser tratada de forma especial pelo ESTADO, especialmente para salvaguardar seus direitos.

A Libras da Daniela, mesmo sendo básica foi suficiente para perguntar meu nome, idade, nome do médico e também explicar a mim, a data que o exame ficaria pronto.

Sem comunicação eficaz e clara, o diagnostico será falho.

Enquanto alguns líderes por aí, no intuito de APARECER com projetos e contratos de altíssimo valor para uma CENTRAL DE LIBRAS que deixa o Surdo em Espera por mais de 40 minutos, a Santa Casa de São Miguel dos Campos, presa pelo atendimento presencial, que faz toda a diferença, neste caso, Daniela pode acompanhar o Surdo em todas as etapas de seu atendimento, deixando a situação que é difícil, mais confortável.

Que mais DANIELAS no Brasil possam se dar conta, respeitar a diversidade Surda e tratar PESSOAS com dignidade.

Raquel Moreno – Ativista da Causa Surda – MTB -91177/SP

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui