Prefeitura entrega mais 65 matrículas de imóveis para moradores do bairro Algodoal

prefeitura
Luciano Almeida, ao lado de Antônio Pequeno da Silva. /Foto: Divulgação.

Alguns moradores esperavam há 38 anos por esse momento, a prefeitura tem agilizado o processa de regularização fundiária.

Mais 65 famílias do bairro Algodoal receberam na manhã de ontem, quinta-feira, 19/05, a entrega das matrículas dos seus imóveis devidamente regularizados. A cerimônia ocorreu na sede da Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba (Emdhap). A região do bairro Algodoal, por ser muita extensa, foi dividida em cinco partes para facilitar o processo de regularização fundiária de interesse social (REURB-S). Além do prefeito Luciano Almeida, o evento contou com a presença do presidente da Emdhap, Sérgio Chaim, e dos vereadores Josef Borges e Anilton Rissato.

A regularização fundiária tem como objetivo incorporar os núcleos informais (passivos de regularização) ao ordenamento territorial urbano. Como benefícios, após a emissão das matrículas, as famílias contempladas passam a ter a posse definitiva de seus imóveis, ampliando o acesso ao crédito financeiro e, assim, estimulando o desenvolvimento do município.

O prefeito Luciano Almeida lembrou que a atual Administração tem trabalhado em ritmo acelerado para realizar o processo de regularização fundiária de maneira a contemplar o máximo de loteamentos possível e, assim, garantir uma segurança jurídica aos seus moradores. “Os cidadãos têm todo o direito de pleitear esse benefício e nós temos a obrigação de fazer a regularização de maneira rápida e eficiente”, destacou.

moradores
José Severino e Maria Quitéria no momento da assinatura. /Foto: Divulgação.

Conquista dos moradores

Antônio Pequeno da Silva disse que esperava pela entrega da matrícula do seu imóvel desde 1984, quando mudou para o Algodoal com a família. “Realizei o grande sonho da minha vida. Agora só saio do meu bairro para o cemitério”, disse o morador bem-humorado.

José Quintino da Silva era visivelmente um dos mais emocionados durante o evento. “Tenho agora o papel que me garante a posse definitiva do terreno! Só tenho que agradecer ao prefeito Luciano Almeida e à Emdhap”, comentou.

Morador do Algodoal desde 1979, José Severino da Silva criou os seis filhos no bairro, sem nunca perder a esperança de ver a situação do seu imóvel regularizada. Ele confirmou que agora possui segurança para continuar ajudando na criação da família que cresceu e hoje conta com 23 netos e 17 bisnetos.

Embora ainda não tenha acabado de construir a casa onde mora com o marido, Margarida Quitéria da Silva era uma das mais felizes durante a cerimônia desta manhã. “Esperei 36 anos por esse momento”, destacou a moradora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui